sábado, 2 de junho de 2012

Pensamento Do Dia

Às vezes penso: para quê fazer isto ou aquilo, para quê continuar, para quê perder o meu tempo? Se no fim meia dúzia de pessoas lerem o que eu escrevo, metade delas compreende de onde vem a minha palavra e talvez, com sorte, uma delas sinta aquilo que eu digo e faça uma diferença na sua vida; seja por que motivo for.

Com certeza que todos os artistas, seja de que forma de arte se trate, sentiram o mesmo que eu alguma vez na sua vida (e não estou de modo nenhum a classificar-me como artista!!!). A verdade é que foram tantos que se sentiram incompreendidos, postos de parte, inapreciados; e viram-se rodeados pelos seus pensamentos em folhas de papel espalhadas por um quarto qualquer, pelos seus quadros que davam direito a mais um copo de vinho, ou pelas suas estatuetas escondidos por um pano bafiento. Até que um dia alguém descobriu esses tesourinhos, e a vida de muita gente mudou, tornou-se melhor só por isso. A arte é isso mesmo, é algo indescritível, algo inidentificável, inqualificável; mas que causa tal sentimento no seu observador, tal emoção que só ele a compreende e é toda sua, porque a arte é subjectiva e qualquer um pode tirar a emoção e as benesses que conseguir, e desejar. É isso que faz a arte algo tão belo e ao mesmo tempo tão incompreensível.

(This girl is an inspiration, just click on the image and see)


Não sou nenhuma artista, de nada, sou apenas uma pessoa que gosta de escrever, que tem ideias diversas e consecutivas,diariamente; e que arranjou esta forma para dizer a quem queira ouvir as minhas opiniões, os meus pensamentos, as minhas sugestões, os meus sonhos e tudo aquilo que me surgir.

Hoje sinto-me um peixe pequenino num mar imenso, mas se uma das minhas mensagens passar para a vida de alguém e fizer algo positivo, então sinto-me o peixinho mais iluminada neste mar revolto. E fico feliz. :)

Obrigada aos que me acompanham…

A foto é minha por isso a sua cópia ou uso é ilegal. Por favor não roubem o meu trabalho.