domingo, 11 de novembro de 2012

Antes que....

Sim, sim, sim eu sei que ando um pouco mórbida perdoem-me mas nasci assim - o que não significa que faço sacrifícios em nome do diabo - apenas não vejo arco-íris todos os dias quando acordo... Simples...

Eu gostava de ser tanta coisa, lembro-me de quando era pequena sonhava ser uma princesa e durante a noite transformava-me numa guerreira que defendia os pobres desafortunados. Já comeºo a parecer mais normal hein?

Agora penso nas coisas que eu gostava de aprender antes da minha hora. Gostava de aprender a escrever (não esta espécie de diário sem nexo nem ponta que se lhe pegue), escrever algo de significativo, algo que mudasse uma vida - nem que fosse só a meia dúzia de leitores - um bom livro. Gostava de tirar fotografias impressionantes, inspiradores, obras primas de delicadeza e visão artística que ficariam na memória de quem as visse. Adorava aprender a tocar um instrumento (guitarra acústica) e cantar numa rua qualquer, na minha cidade de coração - não para receber nada - só para as pessoas poderem passar por mim e serem tocadas pelo meu talento musical. Gostava de aprender a pintar, oh um simples Van Gogh seria perfeito, passar para uma tela aquilo que eu vejo quando fecho os meus olhos. 

Eu gostava de me expressar de todas as maneiras, de exprimir tudo o que tenho dentro de mim - um mundo criado por mim e que talvez, talvez, possa ser interessante para alguém...

Gostava de ser tudo mas não consigo ser uma única coisa e não sei porquê. Tenho todas as capacidades mentais e motoras a funcionar correctamente, apenas não estão sincronizadas, penso eu.... Mas que sei eu? Uma pobre menina, incapaz de seguir um único sonho... Incapaz de fazer uma coisa tão simples como sair da cama para apanhar um pouco de sol, mas o meu corpo não reage e a minha cabeça também não encontra uma razão para o fazer....

Pergunto-me se alguma vez conseguirei resolver este dilema....